Todas essas realizações colocam Rosana Abubakir na vanguarda da dança no Brasil. Uma visionária incansável, sempre inovando e transformando o conceito do ballet clássico no estado e no país. Além dos aplausos do público, os serviços prestados à dança ao longo da sua carreira artística resultaram em homenagens.

 Em 1998 a educadora foi agraciada pelo conselho Brasileiro da dança com a medalha do mérito artístico, premiação única no mundo que tem em sua galeria artistas de projeção internacional como Galina Ulanova, Rodrigo Pederneiras, Alicia Markova, Serge Lifar, Maurice Béjart, entre outros.

Em 2008, Rosana recebeu a comenda Maria Quitéria. A honraria foi entregue no plenário Cosme de Farias, na Câmara Municipal de Salvador, pela qualidade dos serviços prestados na Bahia.